O que é bom para anemia? Cuidados e alimentação para pessoas anêmicas

o que é bom para anemia - alimentos


Dra. Elizabeth Cristina Vilar
Médica Hematologista 


Afinal, o que é bom para anemia? A resposta vai variar de caso para caso, dependendo do tipo e causas da anemia em questão. Por isso, é muito importante compreender o que é, quais são os sintomas e como obter o diagnóstico correto para os diferentes tipos de anemia.   

O que é anemia?  

Anemia é uma condição clínica caracterizada pela baixa dos índices de hemoglobina no sangue. Os parâmetros para considerar anemia variam em relação ao sexo e idade.   

Tipos de anemia  

Existem diversos tipos de anemias, as quais podemos classificar pelo seu mecanismo.    

  • Carenciais: caracterizadas por deficiência de ferro, Vitamina B12 e ácido fólico;   

  • Hemolíticas: causadas pela destruição das hemácias, por exemplo, anemia falciforme e doenças autoimunes;  

  • Falha de produção: ocorre na falência ou infiltração da medula óssea, nas mielodisplasias, leucemias e aplasias.  


Clique aqui para agendamento de exames e consultas

 
Quais são os sintomas da anemia?  

Os principais sintomas que caracterizam anemia são: fraqueza, indisposição, falta de ar, palidez, enfraquecimento dos cabelos e unhas, tontura, palpitação e cefaleia (dor de cabeça).  

Mães de primeira viagem também devem estar atentas aos sintomas e periodicidade dos exames, já que a anemia também é frequente durante a gestação.  

Afinal, o que é bom para anemia?  

Primeiramente é necessário investigar e definir a causa da anemia para estabelecer o que é bom para o seu tratamento em específico.  

 A anemia é consequência de um processo que pode ser carencial, destruição ou falha de produção das hemácias. Por exemplo, se estamos falando de anemia por deficiência de ferro, o tratamento será a sua reposição.  

Alimentos para anemia  

No caso das anemias carenciais, a deficiência de ferro e de ácido fólico deve ter na sua reposição uma dieta mais rica em carnes vermelhas, vegetais – folhas verdes, beterraba, alimentos de milho, feijão, cereais e frutas ricas em vitamina C, que ajudam na absorção do ferro.    

Já no caso da B12, a quantidade disponível nos alimentos é bem pequena. Podemos encontrar com mais frequência no fígado, salmão, sardinha, queijo, leite, ovos. Nesses casos, é necessário que os veganos tenham maior atenção, pois, muitas vezes, precisam suplementar a reposição de B12 na dieta.  

Cuidados além da alimentação  

Os cuidados que podem ajudar a prevenir a anemia incluem uma dieta bem balanceada, exercícios físicos, evitar fumo e bebida alcóolica, além da avaliação médica e de exames laboratoriais periódicos.  

Como saber se estou com anemia?  

A avaliação clínica pode suspeitar de anemia de acordo com o exame físico do paciente, observando sinais de palidez, alterações de pele, taquicardia, dispneia, no caso das anemias mais graves.   

Além disso, são sempre necessários exames laboratoriais, iniciando pelo hemograma com plaquetas para confirmação da anemia.  
 

Sabia que você pode fazer exame de sangue em casa sem pagar por taxa de deslocamento?

O Bronstein vai até você! Por meio da coleta domiciliar do Bronstein, você cuida da saúde com mais comodidade. Faça seus exames no conforto da sua casa sem precisar se deslocar até nossas unidades, e ainda com cobertura de planos de saúde. Clique aqui para tirar suas dúvidas e agendar a data.

 

Clique aqui para agendamento de exames e consultas